Pressão por leilão de arte

16/01/2014 02:49

A_Dança_do_Casamento_Bruegel

“A Dança do Casamento”. Avaliada em US$ 200 milhões, tela de Bruegel é a mais valiosa do DIA.
 

Os personagens conversam, bebem, se beijam, dançam ou apenas observam. É uma celebração, apesar do olhar dúbio de alguns deles. A festa, porém, tem lugar apenas na tela. Na vida real, a pintura “A Dança do Casamento” (1566), de Bruegel, o Velho, se transformou no centro de uma celeuma dentro da derrocada da cidade norte-americana de Detroit.

Com o pedido de falência de Detroit, acervo do principal instituto de artes da cidade pode ser a solução da derrocada.

Uma equipe da casa de leilões nova-iorquina Christie’s acaba de realizar uma avaliação dos valores das obras do Detroit Institute of Arts (DIA), o mais famoso museu da ex-capital da indústria do carro. Desde que a cidade pediu falência no ano passado (aceita em dezembro pela Justiça), credores têm olhado para o acervo. Apesar de apenas 5% do seu conjunto pertencer à municipalidade, é forte a pressão para que todas as obras sejam vendidas para ajudar a reerguer a cidade. “O que acontecer aqui em Detroit pode servir de precedente a várias cidades dos EUA em que essa alternativa está sendo pensada. A repercussão negativa seria imensa para o patrimônio dos museus”, diz Peter van Dyke, do Detroit Arts Market, que trabalhou anos no DIA.

“A Dança do Casamento” é a obra mais valiosa do museu (US$ 200 milhões; cerca de R$ 475 milhões), seguida de um autorretrato de Van Gogh (US$ 150 milhões; R$ 357 milhões) e da tela “A Visitação”, de Rembrandt (US$ 90 milhões; R$ 214 milhões). No total, a Christie’s avaliou 2.773 das 66 mil peças da coleção. A soma ficou em US$ 867 milhões (mais de R$ 2 bilhões). As dívidas de Detroit somam cerca de US$ 25 bilhões (cerca de R$ 59 bilhões).

Fundado em 1885, o DIA reúne telas de Caravaggio, Gauguin, Picasso, Matisse, Tintoretto, esculturas de Rodin e dois murais de Diego Rivera, que retratam o auge da indústria do carro, quando Detroit era a quarta cidade mais poderosa dos EUA.

Banner_Feed_Notícias

Newsletter

Assine a nossa newsletter: