VOLPI "A Emoção da Cor"

28/03/2014 11:12

Tela_Alfredo_Volpi

Uma retrospectiva do pintor Alfredo Volpi (1896-1988) com 85 pinturas é um evento raro nestes tempos em que o governo, por meio do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus), fareja obras “de interesse público” em coleções particulares.

A mostra Volpi – A Emoção da Cor com curadoria de Denise Mattar foi inaugurada nesta quinta-feira, para convidados, e na sexta estará aberta para o público, na Galeria de Arte Almeida & Dale, uma semana antes da abertura da 10ª SP-Arte e a tempo de atrair curadores de importantes museus estrangeiros.

Na seleção, a curadora priorizou obras inéditas, sem deixar de mostrar alguns trabalhos emblemáticos do artista, e manteve o caráter didático que caracteriza suas montagens. Assim será possível ouvir depoimentos do próprio Volpi e ver imagens de sua longa vida. A mostra apresenta pinturas da década de 1920, quando o artista era considerado um impressionista, revê trabalhos dos anos 1930, período do Grupo Santa Helena, e enfatiza a produção dos anos 1940, fase de transição, na qual se delineia um novo caminho. O Volpi já pleno da década de 1950, época das “bandeirinhas”, evolui para o domínio total da cor e da forma na década de 1960, atingindo em 1970 o ápice nos processos de ritmo e permutação das cores.

Seguindo as palavras do crítico inglês Herbert Read nos anos 1950, o espectador contemporâneo pode conferir em 2014: Volpi não foi um pintor ingênuo, mas um “antropófago natural”, como diz a curadora, alguém que assimilou as lições dos renascentistas (Giotto, Piero della Francesca), dos modernos franceses (Cézanne, Matisse) e dos metafísicos italianos com a austeridade de um mestre.

A exposição tem o apoio do Instituto Alfredo Volpi de Arte Moderna, criado com o objetivo de mapear a obra do artista, hoje reunida num catalogue raisonné virtual.

Onde: Galeria Almeida e Dale: R. Caconde, 152 - Jardim Paulista, São Paulo - SP.

Quando: Período da exposição: de 27 de março a 29 de maio. Horário de funcionamento: De segunda a sexta, das 9h às 19h; sábados das 10h às 13h

Quanto: Entrada gratuita.

Banner_Feed_Notícias

Newsletter

Assine a nossa newsletter: